O novo Plano Diretor de Metas da PMBA

Colegiado de Coronéis da PMBA
Apresentação do Plano ao Colegiado de Coronéis da PMBA

Com muito entusiasmo apresentei ao Colegiado de Coronéis da Polícia Militar da Bahia o Plano Diretor de Metas da nossa Corporação. Esta é uma ferramenta fundamental para organizarmos a trajetória institucional da PMBA, e contém direcionamentos de ações para o período de 2015 a 2018.

Das diretrizes contidas no Plano de Metas destaco aqui no blog as seguintes:

  • Proteção incondicional à vida, respeito ao cidadão e ao policial militar;
  • Fortalecimento da filosofia moral e valorização dos policiais militares;
  • Reaparelhamento e modernização do modelo de gestão do serviço de policiamento ostensivo;
  • Fortalecimento da Corregedoria e controle interno;
  • Reconstrução da arquitetura organizacional e da imagem institucional.

As diretrizes foram divididas por projetos e por área de atuação, e pretendem prover os serviços de policiamento ostensivo e preventivo necessários para garantir a Segurança Pública em todo o Estado da Bahia, dentro do Planejamento Estratégico Governamental para a área de Segurança e alinhado ao Programa Pacto Pela Vida.

“Está em nossos planos ampliar o número de Creches nas Unidades da PM, proporcionar ao PM uma moradia digna e segura”

Dentro da diretriz de proteção à vida, respeito ao cidadão e ao policial militar, visamos consolidar a política de baixa letalidade na ação policial e o fortalecimento da atenção ao cidadão na prestação do Serviço de Policiamento Ostensivo Comunitário, não perdendo de vista a proteção ao policial no exercício da sua função e fora dela.

Está em nossos planos ampliar o número de Creches nas Unidades da PM, proporcionar ao PM uma moradia digna e segura, fortalecer ações e projetos existentes como o Maria Filipa, PROERD, Coral e Grupo Teatral PM, além de aumentar a oferta de vagas para filhos de policiais militares nos CPMs, e a garantia da segurança jurídica na defesa dos direitos do policial militar em situações de serviço ou de folga.

No âmbito do reaparelhamento e modernização do modelo de gestão do serviço de policiamento ostensivo, o que se pretende é implantar postos móveis de polícia comunitária (prosseguimento do Projeto Policia Cidadã) nas áreas, conforme análise de riscos. A nova estratégia da PM prevê um redesenho do serviço policial a ser ofertado à população, no qual busca-se intensificar ainda o combate e prevenção aos crimes contra instituições financeiras.

Nosso Plano Diretor de Metas se insere no contexto da atuação da PMBA numa Corrente do Bem com a Comunidade, integrando os policiais militares com os demais entidades públicas e com o cidadão, protegendo e preservando direitos, principalmente a vida.

4 comentários sobre “O novo Plano Diretor de Metas da PMBA

  1. Meu Comandante, precisamos das Armas Teser.

    Todos Policiais deveria trabalharem também portando a arma Teser, assim, como é obrigatório trabalhar com a arma de fogo. O uso dessa arma não letal deveria ser obrigatório na nossa Policia para todos os Policiais Militares!!!!!!

  2. Olá Comandante,

    Não sei se posso deixar aqui as minhas dúvidas.. Se este não for o espaço peço perdão.

    A nossa CONDER está praticamente falida, os métodos para aquisição da casa própria estão impraticáveis (principalmente se compararmos o custo de vida na Bahia, as formas para compra de imóveis e também com o nosso salário). Fiquei muito feliz e ao mesmo tempo curioso sobre essa questão da “moradia digna e segura” para os policiais militares. O que o senhor pode adiantar sobre isso??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *